Divine Word Missionaries

Communications


Communications


Back to

Documents & News

Members' Area

Site Map

Home


20 Suggestions to improve your communication.

1. Be yourself: Be natural, not superficial trying to play a role that is not you. There are no techniques to surpass being oneself or to behave naturally.

2. Pronounce your words well: fully pronounce each word without swallowing the ends of words. It improves the quality of understanding and the image of the person speaking.

3. Speak with reasonable intensity. If you speak in a low voice those who are more distant from you will not understand. If you speak too loudly you will irritate others. Speak adequately for each situation without loosing enthusiasm or involvement.

4. Speak clearly. Use you voice in such a way that all can hear you. The spoken word should be clear and understood. OBS: never speak with your head down. Raise your neck and speak looking straight ahead.

5. Speak with reasonable speed. Do not speak too quickly especially if you do not have clear diction. Also do not speak too slowly with long pauses because you will tire your listener.

6. Speak with a good rhythm. Vary the tone and velocity of your speech to create a pleasant communication rhythm.

7. Have an adequate vocabulary. A good vocabulary should be exempt of vulgar terms or slang. Neither should you use difficult words. The ideal is to be simple and objective to facilitate the understanding of the message.

8. Simple style. It was what Jesus did by using parables from everyday life.
OBS. Reading can help develop your logic and clarify your ideas.

9. Speak with concern. Captivate your audience when you speak by expressing concern, joy, interest, compassion. People want “life” and not academic expositions.

10. Speak with Emotion. Speak with conviction, enthusiasm, feeling, disposition and faith. You should be involved with your message. You need authority to captivate the interest of your listeners. According to the evangelist Mark, Jesus spoke with authority. It is also the method used by the Mass Media today; it is the method of persuasion.

11. Be objective. That is you go directly to the issue without delay. Do not mix themes. Don’t forget that some objective words carry more weight than many words that miss the main point. If you have to speak unexpectedly be short and use correct phrases.

12. Watch your personal body language. When speaking avoid putting your hands in your pocket, holding on to your belt, scratching your head, putting your hand to your nose, folding your arms, leaning over a table or holding on to a chair while speaking. Let your arms be free and use gestures with moderation. Do not let your shoulders fall and if possible maintain a smile. Be attentive that your facial expression corresponds to what you are saying.
Ex. It is not possible to speak of the joy of the resurrection with a sad face.

13. Have a beginning, middle and ending. Any speech whether it is a simple conversation or a presentation for a wider public needs to have a beginning, a middle and an end. First, try to disarm any resistance your audience may have and secondly develop the main theme according to what was planned. At the end make a short summary of what you said.

14. Watch your body expressions. In any situation you should look into the eyes of the person you are speaking to. If it is a larger audience fix your eyes alternatively on various groups. This creates a sense of security and credibility to what you say. It is not a good idea to keep walking from one end to the other without staying still.

15. Take care of your appearance. Take care of your appearance and be properly dressed according to the ambiance.

16. Opportunities. Jesus said: “Go out to the whole world and preach the good news”. Loose your fear and announce the gospel when the opportunity arises.

17. Training. Exercise and prepare yourself to speak on the issues you will deal with. When you are invited to speak on a particular topic do not go without being prepared. You need to be well prepared and jot down the main ideas on a sheet of paper.

18. Study. Read regularly and study the themes you normally deal with. Be well informed and use the information as necessary.

19. Relationship. Be careful not to appear very aggressive or over submissive. Know how to express yourself and give an opinion with certain flexibility showing that you know how to dialogue and maintain a cordial and fraternal relationship.

20. Breathing exercises are fundamental to express yourself well. It is something you need to do on a regular basis.

20 DICAS PARA MELHORAR NOSSA COMUNICAÇÃO

1. SEJA VOCÊ MESMO: A naturalidade está acima de tudo. Não seja superficial, querendo ser o que não é. Nenhuma técnica poderá superar a naturalidade. Seja sempre natural.

2. PRONUNCIE BEM AS PALAVRAS: Pronunciar completamente todas as palavras, principalmente sem engolir os “r” e “s” finais, melhora a compreensão dos ouvintes e a imagem de quem fala.

3. FALE COM BOA INTENSIDADE: Se falar muito baixo, quem estiver distante não entenderá. Se falar muito alto, poderá irritar os ouvintes. Fale numa altura adequada para cada ambiente, mas sem nunca perder o entusiasmo e a vibração.

4. FALE CLARO: Use a voz de modo que ela chegue a todos. A palavra pronunciada deve ser clara e entendida.
OBS: nunca fale com a cabeça para baixo; pois sua voz sairá baixa e sem “eco”. Erga o pescoço e fale olhando para frente...

5. FALE COM BOA VELOCIDADE: Não fale rápido demais, principalmente se a sua dicção for deficiente. Também não fale lentamente, com pausas prolongadas, pois poderá entediar o ouvinte.

6. FALE COM BOM RITMO: Altere a altura e velocidade de fala para construir um ritmo agradável de comunicação. Velocidade e altura inconstantes acabam por desinteressar os ouvintes.

7. TENHA UM VOCABULÁRIO ADEQUADO: Um bom vocabulário deve estar isento de termos pobres e vulgares como “palavrões” e “gírias”. Também não se devem usar palavras muito difíceis. O ideal é ser simples e objetivo, para facilitar a compreensão da mensagem.

8. FALE SIMPLES: Foi o que Jesus fez, ao utilizar diversas parábolas a partir da realidade em que estava inserido.
OBS: a leitura de bons livros pode nos ajudar a melhorar nossa argumentação e esclarecer nossas idéias.

9. FALE COM CARINHO: Cative os ouvintes quando estiver falando: transmita amor, carinho, gosto, prazer, alegria, interesse. O povo quer “vida”, não “discursos acadêmicos”.

10. FALE COM EMOÇÃO: Fale com entusiasmo, com convicção, certeza, emoção, firmeza, disposição, fé. Vibre com a sua mensagem, demonstre emoção e interesse nas suas palavras e ações. Assim, terá autoridade para interessar e envolver seus ouvintes. Segundo o Evangelista Marcos, Jesus falava “com autoridade”. Você já percebeu que é também o discurso dos Meios de Comunicação de Massa, hoje? Discurso de autoridade: com afirmações e convites, utilizando o método da “persuasão”.

11. FALE COM OBJETIVIDADE: Seja objetivo. Vá direto ao assunto, sem muitos rodeios. Não misture os assuntos. Lembre-se: vale mais poucas palavras objetivas, que muitas palavras sem atingir o alvo. Caso deva falar de “improviso”, fale pouco e com frases corretas.

12. MANTENHA UMA POSTURA CORRETA: Ao falar, evite colocar as mãos nos bolsos, na cintura, coçar a cabeça, pôr a mão no nariz, tossir, cuspir, cruzar os braços ou debruçar-se sobre a mesa ou até ficar segurando objetos enquanto expõe suas idéias. Solte os braços naturalmente ao longo do corpo e gesticule com moderação. Não deixe os ombros caídos, mantenha o semblante sempre descontraído e, se possível, sorridente. Fique atento para que a expressão de seu rosto esteja sempre de acordo com aquilo que está afirmando.
Ex: não dá para falar da “Ressurreição” com o rosto demonstrando a “sexta-feira da paixão”.

13. TENHA INÍCIO, MEIO E FIM: Toda fala, seja simples conversa ou apresentação para uma grande platéia, precisa de início, meio e fim. No princípio procure conquistar os ouvintes desarmando suas resistências. Na segunda parte desenvolva o assunto principal de acordo com o planejamento. E, ao final, faça uma pequena recapitulação resumindo o que você falou.

14. OLHAR A EXPRESSÃO CORPORAL: Em todas as situações você deve olhar nos olhos da pessoa a quem está se dirigindo. Se for um grupo grande, fixe os olhos em partes dele alternadamente. Isso passa segurança e dá credibilidade ao que você diz. Evite fixar o olho “num só ponto”.
Use todo o corpo ao se comunicar. Expresse através de gesticulação serena. Lembre-se: não é bom ficar andando “rapidamente” de um lado para o outro e nem ficar parado.

15. CUIDE DA APARÊNCIA: Estar bem cuidado e vestido adequadamente, de maneira simples e de acordo com o ambiente, é fundamental.

16. OPORTUNIDADES: Jesus disse: “Ide por todo o mundo e anunciai o Evangelho”. Perca o medo e anuncie a Boa-Nova quando as chances se apresentarem.

17. TREINO: Exercite e treine para falar sobre os assuntos dos quais vai tratar. Isso ajuda a ordenar os pensamentos e dá clareza ao seu raciocínio, o que é fundamental para convencer os demais das suas idéias.
Quando for convidado a falar sobre algum assunto, não vá sem preparar, de improviso... Prepare bem o que vai dizer. Anote em uma folha as principais idéias.

18. ESTUDO: Ler bastante e estudar os assuntos com os quais lida são fundamentais para obter sucesso. Informe-se sobre tudo o que puder e use suas informações quando necessárias.

19. RELACIONAMENTO: É preciso ter muito cuidado para não ser muito agressivo e nem extremamente submisso. Saiba expressar-se e dar suas opiniões com jogos de cintura, dialogar e manter um relacionamento cordial e fraterno.

20. EXERCÍCIOS DE RESPIRAÇÃO: é fundamental para um bom desenvolvimento da oratória. Faça-o sempre!